2017/04/09

O Homem no Mundo



   
Santo André Expansão Evangelizadora do Lar
Evangelho do lar de 11/04/ 2017
  • Capítulo 17 – SEDE PERFEITOS

  • O Homem no Mundo

Prece Inicial
Senhor, ensina-nos:

A orar sem esquecer o trabalho;
a dar sem olhar a quem;
a servir sem perguntar até quando;
a sofrer sem magoar seja a quem for;
a progredir sem perder a simplicidade;
a semear o bem sem pensar nos resultados;
a desculpar sem condições;
a marchar para frente sem contar os obstáculos;
a ver sem malícia;
a escutar sem corromper os assuntos;
a falar sem ferir;
a compreender o próximo sem exigir entendimento;
a respeitar os semelhantes, sem reclamar consideração;
a dar o melhor de nós, além da execução do próprio dever, sem cobrar taxa de reconhecimento.
Senhor, fortalece em nós a paciência para com as dificuldades dos outros, assim como precisamos da paciência dos outros para com as nossas dificuldades.
Ajuda-nos, sobretudo, a reconhecer que a nossa felicidade mais alta será invariavelmente, aquela de cumprir-te os desígnios onde e como queiras, hoje agora e sempre.
Amem em Jesus
Emmanuel
novologo3.png
3. Leitura do Evangelho

IV – O Homem No Mundo

UM ESPÍRITO PROTETOR
Bordeaux, 1863
           10 – Um sentimento de piedade deve sempre animar o coração daqueles que se reúnem sob o olhar do Senhor, implorando a assistência dos Bons Espíritos. Purificai, portanto, os vossos corações.Não deixeis que pensamentos fúteis ou mundanos os perturbem. Elevai o  vosso espírito para aqueles a quem chamais, a fim de que eles possam, encontrando em vós as disposições favoráveis, lançar em profusão as sementes que devem germinar os vossos corações, para neles produzir os frutos da caridade e da justiça.
           Não penseis, porém, que aos vos exortar incessantemente à prece e à evocação mental, queiramos levar-vos a viver uma vida mística, que vos mantenha fora das leis da sociedade em que estais condenados a viver. Não. Vivei com os homens do vosso tempo, como devem viver os homens; sacrificai-vos às necessidades, e até mesmo às frivolidades de cada dia, mas fazei-o com um sentimento de pureza que as possa santificar.
           Fostes chamados ao contato de espíritos de naturezas diversas, de caracteres antagônicos: não melindreis a nenhum daqueles com quem vos encontrardes. Estai sempre alegres e contentes, mas com a alegria de uma boa consciência e a ventura do herdeiro do céu, que conta os dias que o aproximam de sua herança.
           A virtude não consiste numa aparência severa e lúgubre, ou em repelir os prazeres que a condição humana permite. Basta referir todos os vossos atos ao Criador, que vos deu a vida. Basta, ao começar ou acabar uma tarefa, que eleveis o pensamento ao Criador, pedindo-lhe, num impulso da alma, a sua proteção para executá-la ou a sua benção para a obra acabada. Ao fazer qualquer coisa, voltai vosso pensamento à fonte suprema; nada façais sem que a lembrança de Deus venta purificar e santificar os vossos atos.
           A perfeição, como disse o Cristo, encontra-se inteiramente na prática da caridade sem limites, pois os deveres da caridade abrangem todas as posições sociais, desde a mais íntima até a mais elevada. O homem que vivesse isolado não teria como exercer a caridade. Somente no contato com os semelhantes, nas lutas mais penosas, ele encontra a ocasião de praticá-la. Aquele que se isola, portanto, priva-se voluntariamente do mais poderoso meio de perfeição: só tendo de pensar em si, sua vida é a de um egoísta. (Ver cap. V. nº 26)
           Não imagineis, portanto, que para viver em constante comunicação conosco, para viver sob o olhar do Senhor, seja preciso entregar-se ao cilício e cobrir-se de cinzas. Não, não, ainda uma vez: não! Sede felizes no quadro das necessidades humanas, mas que na vossa felicidade não entre jamais um pensamento ou um ato que possa ofender a Deus, ou fazer que se vele a face dos que vos amam e vos dirigem.
Banner for web.jpg
Entendimento do Tema

O homem e o mundo

“Dei-lhes a tua palavra, e o mundo os odiou porque não são do mundo, como também eu não sou do mundo. Não estou pedindo que os tires do mundo, mas que os guardes do mal. Eles não são do mundo, como eu também não sou do mundo. Consagra-os na verdade: a tua palavra é verdade. Assim como tu me enviaste ao mundo, também eu os enviei ao mundo.” (João 17:14-18.)
No imaginário cristão primitivo, o mundo representava a corrupção, o território campeado pelo pecado, o contrário ao reino dos céus. Mas Deus amou o mundo, como o viu, na criação, que era bom, e enviou a redenção para esse mundo. Nosso Pai amou de tal modo o mundo que enviou seu filho para salvar a humanidade.
A ideia de salvação, comum em discursos religiosos, é parte central no Cristianismo. O próprio Cristo foi batizado de Salvador (Jesus).
“Eu vos escrevi, em carta, que não vos misturásseis com gente imoral. Não  me referia de modo geral aos imorais, avarentos, ladrões ou idólatras deste mundo, porque neste caso teríeis de sair do mundo.” (1 Coríntios 5:9-10.)
A ideia de que o isolamento seria um benefício para a fé, no qual se praticaria a mortificação dos instintos maus, é muito anterior ao Cristianismo. Os misantropos viviam sozinhos ou em pequenos grupos em regiões desérticas. A ideia de eremitério cristão surgiu entre o séculos III e IV d.C. Não fazia parte do chamado Cristianismo primitivo.
Paulo é considerado o grande teólogo do Cristianismo primitivo. Além do conteúdo, as cartas de Paulo são importantes por serem os primeiros registros escritos de doutrina cristã que chegaram até hoje. O evangelho fonte para os evangelhos sinóticos se perdeu. Partes dele teriam sobrevivido em partes desiguais no conteúdo dos evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas. O evangelho de Mateus é resultado de uma edição judaizante desse texto fonte. Essa fonte seriam as anotações de Levi, a que se refere Emmanuel.
Paulo afirma que devemos viver no mundo, mas como se a ele não pertencêssemos. Ele diz que a própria Natureza espera ansiosa a sua redenção. Mas salvar­-se do quê? Das paixões que corrompem nossas vidas, que são a fonte dos erros e desastres morais. Salvar-se do egoísmo e do orgulho. É nesse sentido que, em Espiritismo, fala-se de salvação, sem, todavia, o sentido mágico, como no Catolicismo, em que a graça promove a salvação dos eleitos. Segundo o Espiritismo, a salvação é um processo evolutivo.
“Um sentimento de piedade deve sempre animar o coração dos que se reúnem sob as vistas do Senhor e imploram a assistência dos Espíritos bons. Purificai, pois, os vossos corações; não deixeis que nele se aloje qualquer pensamento mundano ou fútil (...) Vivei como os homens de vossa época, como devem viver os homens. Sacrificai às necessidades, mesmo às frivolidades do dia, mas sacrificai  com um sentimento de pureza que as possa santificar.” (O Evangelho segundo o Espiritismo, cap. 17, item 10.)
Para viver no mundo é preciso disciplina. Fazer um balanço do que é mais importante para nós, quais são nossos objetivos e o que devemos fazer hoje para alcançar esses objetivos. Estabelecer prioridades. Se temos a vontade de lutar contra nossas más paixões, é preciso conhecer-nos, analisando nosso comportamento.
Quando Emmanuel sugeriu a Chico Xavier as três disciplinas, ele estava se referindo ao trabalho mediúnico, setorizando o comportamento do Chico de forma a dar o devido espaço para cada objetivo. Então Chico estabeleceu metas, que jamais seriam levadas a cabo se ele não estabelecesse o devido espaço para cada atividade. Uma noite para cada tarefa. Um dia, trabalho público, outro dia, psicografia de livros, outra noite ainda, desobsessão, e assim por diante: trabalho assistencial, estudo, visitas, leitura de lazer, momento para ouvir músicas etc. Disciplinar, de forma que tudo tenha seu tempo, e cuidar que todas as prioridades sejam levadas a efeito.


preview_large9.jpg
Vibrações
Senhor ilumina todos os lares, hospitais, Hospícios, cadeias e todo Universo de
necessitados.
Pai celestial, que habitais o meu interior, impregna com a Tua Luz vital cada célula de meu corpo, expulsando todos os males, pois estes não fazem parte de meu ser. Na minha verdadeira realidade, como filho de Deus perfeito que sou, não existe doença; por isso que se afaste de mim todo o mal, todos os bacilos, micróbios, vírus, bactérias e vermes nocivos, para que a perfeição se expresse no meu corpo, que é templo de Divindade.
Pai teu Divino filho Jesus disse: pedi e recebereis, porque todo aquele que pede recebe, portanto, tenho absoluta certeza de que a minha oração da cura já é a própria cura. Para mim agora, só existe esta verdade: a cura total. Mesmo que a imagem do mal permaneça por algum tempo no meu corpo, só existe em mim agora a imagem mental da cura e a verdade da minha saúde perfeita.
Todas as energias curadoras existentes em mim estão atuando intensamente, como um exército poderoso e irresistível, visando os inimigos, fortalecendo as posições enfraquecidas, reconstruindo as partes demolidas, regenerando todo o meu corpo.
Sei que é o poder de Deus agindo em mim e realizando o milagre maravilhoso da cura perfeita.
Esta é a minha verdade mental. Esta portanto é a verdade do meu corpo.
Agradeço-te, oh! pai, porque Tu ouvistes a minha oração.
Dou-te graças, com toda alegria e com todas as forças interiores porque tua vontade de perfeição e saúde aconteceram em mim, em resposta ao meu pedido.
Assim é e assim será.
Um fraternal abraço, e a nossa vibração com a certeza de que a Paz se fará em seu mundo íntimo.
banner_flor.jpg
Prece de Encerramento
Mestre Sublime Jesus
Fazei com que entendamos a vossa vontade e nunca a nossa, entregando-nos às vossas mãos fortes para conduzir-nos;
Permite que possamos desincumbir-nos dos deveres que nos cabem, mas, não
conforme os nossos desejos;
Lançai Vosso olhar sobre nós, a fim de que tenhamos a claridade da Vossa ternura, e não as sombras da nossa ignorância;
Abençoai os nossos propósitos de servir-Vos, quando somente nos temos preocupado em utilizar de Vosso santo nome para servir-nos;
Envolvei-nos na santificação dos Vossos projetos, de forma que sejamos Vós em nós, porquanto ainda não temos condição de estar em Vós;
Dominai os nossos anseios de poder e de prazer, auxiliando-nos na conquista real da renúncia e da abnegação;
Ajudai-nos na compreensão de vossos labores, amparando-nos em nossas
dificuldades e socorrendo-nos quando mergulhados na argamassa celular;
Facultai-nos a dádiva de Vossa paz, de modo que a distribuamos por onde quer que nos encontremos e todos a identifiquem, compreendendo que somos Vossos servidores dedicados......e porque a morte restituiu-nos a vida gloriosa para continuarmos a trajetória de iluminação, favorecei-nos com a sabedoria para o êxito da viagem de ascensão, mesmo que tenhamos que mergulhar muitas vezes nas sombras da matéria, conduzindo porém, a bússola do Vosso afável coração apontando-nos o rumo.
Senhor!
Intercedei, junto ao Pai Todo Amor, por Vossos irmãos da retaguarda, que somos quase todos nós, os trânsfugas do dever.
Oração do Santo de Assis trazida no livro
Divaldo Pereira Franco pelo Espírito de Manoel Philomeno de Miranda.
Acessem nosso Blog - http://santoandreevangelhodolar.blogspot.com/ ,
Lá encontrarão os temas já divulgados e toda a programação para Fevereiro de 2.013.
Momento da Fluidificação das águas (bênçãos).
Santo André Expansão Evangelizadora do Lar
Brasil e Portugal, para: A Europa e o Mundo.
Por uma Humanidade mais Cristã!
Rinnovo dell'Anima :
Nossas ferramentas de comunicação, associem-se ao nosso Grupo e Blog:
Ananias Luiz Barreto ananiasbarreto@gmail.com
Acessem nossos links abaixo que encontrarão lá os temas.
Nosso Grupo – http://groups.yahoo.com/group/evangelhodolar/
Nosso Blog –http://santoandreevangelhodolar.blogspot.com/
Caso não queira mais receber esse tipo de e-mail, por favor, escrevam para:
Ananias Luiz Barreto: ananiasbarreto@gmail.com
Orientador-Victor Passos
evangelhosantoandre@gmail.com










Formulário de Contacto

Nome

Email *

Mensagem *